O que é plastimodelismo?

983842_609255932535917_4817016834710820323_nO Plastimodelismo é um hobby que surgiu após o fim da Segunda Guerra Mundial. Basicamente, consiste em construir miniaturas em escala de objetos reais, como por exemplo aviões, carros, navios, tanques, entre outras coisas. Até naves do Star Wars podem

ser montadas, por exemplo!

A principal característica é a fidelidade dos detalhes, o realismo das miniaturas. No plastimodelismo, além de todo o trabalho na montagem, existe também uma grande pesquisa por referências do modelo que você está reproduzindo, para atingir resultados que se aproximam muito ao modelo real, como desgastes, os detalhes da pintura, as sujeiras características do teatro de operações em que o veículo foi utilizado (como lama, poeira, areia…).

Basicamente, as peças veem todas desmontadas, coladas em um box de plástico que chamamos de árvore, ou sprue, acompanhando um manual de instruções. É só seguir as instruções e ir montando. Posteriormente, é feita a pintura, aplicação dos decalques (‘adesivos’), desgastes, e por aí vai.

11329868_1076593575701778_3932441687034737694_n

Caixa do kit

11391102_1076593605701775_8669946747041423518_n

Árvores

10931171_1076593622368440_197441191703784916_n

Árvores

1510450_1076594299035039_1316068644301791629_n

Manual de Instruções

11209626_1062588620435607_7926465868023345490_n

Modelo sendo camuflado com massinha

Na minha opinião, nenhum outro hobby estimula tanto a busca por conhecimento em tantas áreas distintas. Quando comecei, apenas pegava o manual, as ferramentas e montava. Com o passar dos tempos, antes de começar a montagem, fazia uma pesquisa minuciosa sobre o veículo, para conhecer sua história, suas funções, suas curiosidades, mas principalmente, conhecer as referências para produzir o meu modelo da maneira mais real possível. É importante frisar que montar um modelo bem (bonito, caprichado) é diferente de montar um modelo realístico.

Vejamos abaixo:

Este é um modelo que podemos considerar do tipo “bem montado“.

f4u1d

Neste modelo, podemos observar a perfeição da pintura e da montagem. Não há rebarbas, fendas ou falhas na pintura, que também não possui efeitos. Impecável, caprichado.

Agora vejamos o modelo abaixo, o mesmo tipo de avião, porém montado de maneira realística.

dd

Aqui, podemos ver a pintura com efeitos de luz e sombra, que reproduzem os queimados do sol, as lascas da pintura no bordo de ataque das asas, simulando pancadas de pedras. No dorso, as manchas de óleo complementam os desgastes.

Notou a diferença? Apesar do primeiro modelo estar impecavelmente montado, o segundo corresponde com maior realismo ao que o avião era na realidade, afinal todos nós sabemos que os aviões na Segunda Guerra só eram limpos na fábrica (e olha lá hein!), pois quando saíam para o combate, sofriam estragos na pintura. Este é o ponto que quero chegar. Na minha opinião, não tem certo nem errado. Tem GOSTO DO MODELISTA. Isso mesmo!

Quem é o dono do kit? Você, não é? Então você tem total liberdade para se divertir da maneira que você julgar melhor, seja montando impecável, sem desgastes, ou todo surrado após uma intensa batalha,  afinal, o kit é seu!! O mesmo eu diria para quem gosta de utilizar cores diferentes em determinadas peças ou detalhes do avião, como o painel, por exemplo. Certa vez pintei o painel de um F-15 com tinta vermelha, e um modelista veio com comentários um tanto agressivos e com pouca educação, dizendo que na vida real não exite painel vermelho. Sim, realmente, não existem! Ou pelo menos não são tão comuns! Mas pelo kit ser MEU, e EU estar trabalhando nele, julguei que ficaria bonito, e assim o fiz!

250217_940651722629298_8375396969570418203_n

Painel da discórdia

Com isso, meu caro amigo aprendiz de modelismo, quero deixar bem claro o seguinte: é óbvio que o interessante, num hobby minucioso e detalhista como este, que você busque sempre basear teu modelo em referências reais, porém isto não deve ser uma regra. O plastimodelismo, acima de tudo, como qualquer outro hobby, é um passatempo, uma diversão, uma válvula de escape. Antigamente, nos anos 60 – 70, quando kits eram vendidos aqui no Brasil até dentro de farmácias (pois é…), as crianças pintavam com um pincel tigre e saiam correndo pra brincar com os modelos. Não tinha essa de verniz certo ou errado (até mesmo porque ninguém usava verniz!), de ferramenta x ou y, era pura diversão. Claro que, não podemos deixar a nostalgia nos travar no tempo. Os anos passaram, o hobby evoluiu, as ferramentas e até mesmo a forma de obter informações mudaram (para a melhor), mas não devem deixar que o real espírito da coisa sera ocultado. Portanto, acima de tudo, mantenha-se satisfeito e faça o que julgar mais legal. Mais uma vez, o kit é eu!

IMG_8893-001

Para finalizar, gostaria de comentar sobre uma coisa que assusta e tira noites de sono de quem deseja entrar para o plasti: tudo é muito caro.

Mas será que é muito caro mesmo? Hmmm… Acho que… não. Pois é! Sou brasileiro, moro no Brasil, e não acho que está tudo absurdamente caro. Mas porque? Bom, vejamos:

Quando eu tinha 12 anos montei um F-14 com um tubo de superbonder e uma lixa de unha. Não pintei pois não possuía tintas, mas já me diverti bastante. Quando completei 16 e comecei a trabalhar, gastei o primeiro salário com os materiais para começar no hobby. Se você for começar com aerógrafo, compressor, tintas próprias, etc e etc, com toda a certeza o investimento inicial será um pouco salgado. Mas se você souber julgar o necessário e o supérfluo, pelo menos no início, terá uma boa economia! O ideal é ir adquirindo insumos aos poucos, conforme a disponibilidade financeira. Ao invés de comprar um set de cores caríssimo, que tal experimentar tintas da acrilex, por exemplo? Ao invés de comprar um alicate da tamiya para cortar peças da árvore, que tal roubar o alicatinho de cortar unhas da mãe, esposa, irmã, etc? Basta ter imaginação e pensar em que uma ferramenta comum pode ser útil no hobby! Eu por exemplo, montei meu primeiro kit decente com uma cola, um estilete de papelaria (sim, o comum!), três tintas da acrilex e uma fita crepe! Aos pouquinhos fui adquirindo os materiais, e aos poucos a bancada foi crescendo.

Mas e os kits? Bom, aí é questão de fazer uma boa procura. Até uns tempos atrás, quando o dólar ainda estava em baixa, era interessante comprar kits em sites do exterior, como o eBay por exemplo. Já comprei por lá por R$ 50 um kit que aqui no Brasil custava R$ 300. PORÉM, como nem tudo são flores e como a Dilma ainda é a presidanta do nosso Brasil varonil, a alta do dólar, associada com a irresponsabilidade da Receita Federal em fiscalizar e liberar um kit com eficiência, fizeram a compra de kits no Brasil se tornar algo viável.

Veja bem: Na loja, determinado kit custa R$ 150. No eBay, o mesmo kit sai por R$ 80, com frete e outras coisas inclusas. Na loja, você pode ver o kit de perto, abrir a caixa, ver os detalhes, devolver se não gostar, paga ali e já leva pra casa na hora mesmo, e por aí vai.

Pelo eBay, leva em média 10 dias pra chegar no Brasil, dependendo do modal de envio. Aí começa a putaria, com o perdão da palavra.

A encomenda é enviada para a Receita, que leva no mínimo uns 80 dias para ANALISAR o conteúdo. Isso mesmo, uns 80 dias para pegarem sua caixinha na mão! Apesar das leis sobre importação, é uma verdadeira roleta russa, e na grande maioria das vezes, sua encomenda será taxada, com um preço absurdamente fora de tabela e indevido. Depois de esperar um século pela análise e ser taxado, você ainda precisa esperar a encomenda chegar nos Correios da sua cidade, e não acaba por aí: você ainda tem de pagar uma taxa de R$ 12, a taxa de entrega. Sim, a entrega que você saiu da sua casa, foi até os Correios, enfrentou fila, e na grande maioria das vezes, falta de educação e competência dos funcionários, para retirar a encomenda. Isso quando a encomenda é perdida ou roubada no meio do caminho. Enfim, é um absurdo. Será que vale a pena pagar um pouquinho mais barato e passar todo este stress?

Portanto, analisem bem os preços aqui no Brasil, é a minha sugestão. De antemão, sugiro as seguintes lojas: Avalon Hobby Shop, Plastic Kits, Lima Hobbies, Nova Mania Hobby e Mais Modelismo

De qualquer forma, não se preocupe com o gasto inicial. Compre um kit, uma cola, arrume um estilete e um alicate de unhas, e bora colar esta parada!

11889596_1122078664486602_3893036789888032509_n.jpg

No próximo texto desta saga, iremos falar sobre escalas e demais marcações existentes na caixa do kit, para auxiliar os mais novos no assunto à escolher um modelo. Você pode conferir clicando AQUI.

Até mais! 😉

 

Anúncios